Secretário de Educação e nutricionista participam de Sessão na Câmara

A fim de esclarecer temas levantados em Sessões Ordinárias anteriores, o secretário de Educação do Município, Marcone Monteiro e a nutricionista da Educação, Lamara Moura, estiveram na Câmara Municipal de Mãe d’Água Casa Carmita Dantas, na última terça-feira, dia 19 de setembro.

Os representantes da Secretaria Municipal de Educação foram convidados pela Casa para falar a respeito do tema central “Merenda Escolar”, com base no transporte dos produtos e na qualidade e oferta da merenda nas Escolas da Rede Municipal de Ensino.

O primeiro a falar foi o secretário Marcone Monteiro, e este, iniciou dizendo da responsabilidade e compromisso que tem para com o cargo que ora ocupa, bem como de todo o seu histórico profissional, o qual, de acordo com ele chega a ser colocado à prova diante de uma denúncia irresponsável de que o mesmo estaria permitindo que o transporte da Merenda Escolar fosse realizado em um veículo que transporta lixo.

“Tenho uma vida toda praticamente dedicada à Educação. Formei-me em uma época em que não era tão fácil conseguir um diploma, e o fiz com todo esforço. Tenho anos de experiência como Gestor em unidades educacionais aqui em nosso município e em Patos. Vocês não acham que seria no mínimo ingenuidade de minha parte jogar fora toda essa história, autorizando o transporte da merenda em um ‘carro de lixo’?”, indagou o gestor.

Marcone também lembrou que a responsabilidade sobre tudo que envolve essa questão da Merenda Escolar é compartilhada por outras instancias, que não cabe apenas a Gestão Municipal, ou a Secretaria de Educação decidir a respeito.

“A questão da Merenda Escolar não é só uma questão de logística do Governo Municipal, ou da Secretaria Municipal, além destes, o órgão mais forte que nós temos, que representa a Merenda Escolar é o Conselho Municipal de Alimentação Escolar (CMAE). É o CMAE, através de seus representantes, juntamente com a nutricionista escolar quem escolhem o cardápio e acompanham todo o processo. Então, diante disto, o secretário Marcone não poderia, de imediato, comparecer a esta Casa, ou responder os questionamentos, pois, faz-se necessário ouvir o Conselho, a nutricionista. Então, eu reuni o CMAE, ouvi a nutricionista, nós visitamos as escolas, para poder hoje, estar aqui e lhes apresentar um documento assinado e atestado por todos. Este documento, além de ser apresentado aos senhores vereadores, estará na Secretaria de Educação a disposição de todos e também será entregue ao Ministério Público, caso este venha a nos convidar a prestar algum esclarecimento, que até o momento não ocorreu”, enfatizou Marcone.

Marcone também destacou o fato de que o Município vem assegurando toda a aquisição de produtos para Merenda Escolar, desde o primeiro dia de aula, onde a Prefeitura de Mãe d’Água complementa o valor repassado pelo Governo e garante merenda de qualidade e diariamente para todos os alunos da rede.

Ainda dentro do espaço destinado para sua fala, o secretário pediu permissão para que a nutricionista Lamara Moura pudesse repassar alguns esclarecimentos técnicos. A nutricionista iniciou sua iniciou seu pronunciamento falando sobre o quão foi surpreendida pelos relatos levados ao Plenário da Casa Carmita Dantas pelos parlamentares. “Faz sete anos que sou nutricionista, responsável técnica pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) em Mãe d’Água, e tenho uma preocupação muito grande, não com a Gestão, mas com os alunos. Esta sempre foi e sempre será a minha maior preocupação, e por quê? Porque Merenda Escolar é um direito, previsto na Constituição, então, eu como profissional de nutrição, jamais deixaria que fosse servida uma merenda inadequada para nossos alunos”, argumentou.

Ela ainda disse ficar preocupada quando assuntos desta natureza são divulgados de forma irresponsável e sugeriu que os pais acompanhem mais de perto a rotina de seus filhos nas escolas, que vejam como eles estão sendo tratados e o que está sendo servido para eles, pois, agindo desta forma, estarão cientes e não se deixarão influenciar caso comentários desta natureza voltem a ser repassados.

Ao final de seus pronunciamentos, tanto Marcone, como Lamara agradeceram o espaço disponibilizado pela Câmara Municipal para estas explanações e, o secretário repassou ao presidente da Casa uma cópia do relatório da reunião realizada com o Conselho Municipal de Alimentação Escolar e disse que as portas da Secretaria de Educação estão abertas para todos os parlamentares, assim como para qualquer cidadão que queira tomar conhecimento do trabalho que é realizado por ela e em todas as Escolas do Município.

« Voltar